Pesquisar canções e/ou artistas

07 maio 2010

127. Carimbador maluco

Para Zeza Alves

Cansadas das proibições do mundo adulto, as crianças decidem fugir para um lugar mítico de liberdade. Porém, durante a contagem regressiva para a partida da nave, aparece o carimbador maluco para executar o controle do imaginário infantil. Uma possível referência à burocracia das instituições, que insistem em brecar o movimento das coisas?
Enfim, este é, a grosso modo, o resumo da ação de Plunct Plact Zum (1983), do tempo em que a TV fazia musicais (inclusive infantis).
A canção (que está também no disco Raul Seixas, 1983) apresenta outra face de Raul Seixas. Lírica, mas não menos atenta e ferina, visto que "anárquica", com os censores (patrulhas ideológicas) de então, a canção diverte e encanta crianças de todas as idades, desde que foi lançada.
O carimbador maluco, certamente, guarda semelhanças com o chapeleiro maluco criado pelo escritos Lewis Carroll, no livro Alice no país das maravilhas. De certo modo, os dois personagens abrem (redimensionam) as perspectivas das histórias.
Vencida a burocracia, que pode ser lida como nossas auto censuras também, nossos limites interiores, o importante é seguir viagem e conquistar novas possibilidades de vida.

***

O carimbador maluco (Raul Seixas)

Cinco, quatro, três, dois
Parem, esperem aí
Onde é que vocês pensam que vão?
hã hã

Plunct Plact Zum
Não vai a lugar nenhum
Plunct Plact Zum
Não vai a lugar nenhum

Tem que ser selado, registrado, carimbado
Avaliado e rotulado se quiser voar
Se quiser voar
Pra lua, a taxa é alta
Pro sol, identidade,
Vai já pro seu foguete viajar pelo universo
é preciso o meu carimbo dando sim sim sim sim

Plunct Plact Zum
Não vai a lugar nenhum
Plunct Plact Zum
Não vai a lugar nenhum

Mas ora, vejam só, já estou gostando de vocês
Aventura como esta eu nunca experimentei
O que eu queria mesmo era ir com vocês
Mas já que eu não posso, boa viagem
E até outra vez

Plunct Plact Zum
Pode partir sem problema algum
Plunct Plact Zum
Pode partir sem problema algum

Boa viagem

3 comentários:

Jasanf Araujo disse...

Com esta tua análise de Plunct Plact Zum, viajei aos Anos 80. Transportei a metáfora de minha infância por meio da memória. Agora meu contexto de blogger é outro. Se puder, passe lá! http://lectandome.blogspot.com

Zeza disse...

Léo, obrigada por dedicar a canção de hoje a mim, um beijo bem carinhoso.

joana disse...

Simplesmente, amei!!! Esta Música fez parte da minha infãncia e por isso mesmo, ainda é tão forte em minha vida!!!!!