Pesquisar canções e/ou artistas

12 fevereiro 2010

43. Volta meu amor

Com a produção do disco Tudo azul (2000) Marisa Monte prestou homenagem não apenas a Velha Guarda da Portela, mas à canção popular brasileira. O disco é comovente. Entre outras, tem "Portela desde que eu nasci", de Monarco, "Vai saudade", de Candeia e Davi do Pandeiro, e "Corri pra ver", de Chico Santana, Monarco e Casquinha).
Em "Volta meu amor", de Manacéa e Áurea Maria, temos a perda amorosa como eixo temático para um bom samba. Uma Marisa Monte de voz lamuriosa abre os trabalhos acompanhada por instrumentos (violão de aço e cavaquinho) que parecem sofrer junto com o sujeito que fala de dentro da canção.
Mais adiante a cantora recebe a companhia preciosa do coro de vozes da Velha Guarda. A dor vira samba; dá voltas em si, ludibria os sentidos e torna presente o amor distante. Cantando, o sujeito efetivamente faz o amor voltar. E a sereia de outrora se aproxima: "Eu só quero ouvir amor dos lábios teus".
A mensagem da letra é clara e recorrente, o sujeito não faz rodeios - "Não deixe criador eu sofrer assim. Faça voltar este amor pra mim". A velha guarda, carregada de força histórica, engrandece a singeleza do sentimento, pois dá o ritmo de tradição do ritmo que nasce na batucada da caixa de fósforo.
A velha guarda canta a segunda parte da letra. Marisa Monte vocaliza e o coro ajuda com a experiência de quem sabe que o amor sempre volta, mesmo que seja apenas no perfume da canção. O diálogo entre os registros vocais amplia o prazer do ouvinte e acalenta os corações. Sente-se saudades sem nome.

***

Volta meu amor
(Manacéa / Áurea Maria)

Foi embora o meu grande amor
Fiquei tão sozinho, sem um carinho
Neste mundo Senhor
Não deixe criador eu sofrer assim
Faça voltar este amor pra mim

Volta, volta, meu amor
Quero sentir novamente o seu calor
Volta, volta, meu amor
Quero sentir novamente o seu calor

Vem para os meus braços não me diga mais adeus
Eu só quero ouvir amor dos lábios teus
O teu perfume quero sentir
Entre os meus braços o teu calor
Tão forte quanto o meu amor

3 comentários:

Vinícius disse...

que projeto genial! Eu não conhecia teu site.Favoritado imediatamente! Parabéns pela idéia!

tavares disse...

Sei que está um pouco tarde pra comentar, mas preciso dizer que quem canta na segunda parte da música não é Monarco e sim Seu Argemiro Patrocínio.

Leonardo Davino disse...

Tavares, nunca é tarde.
Agradeço muito sua observação.
Engraçado que fiz pesquisa antes de postar e sempre aparece o Monarco.
Enfim, agradeço muito e fica o registro de sua correção.
Apareça sempre.
Abraço