Pesquisar canções e/ou artistas

10 janeiro 2010

10. Magra

"Magra", de Lenine e Ivan Santos, é um desenho sonoro-vocal da musa, da mulher mais desejada: "tudo nela chama". O sujeito canta as filigranas da beleza da mulher: compõe a canção que dá beleza à mulher; entre tantas outras mulheres, ela é singularizada no canto, na voz do cancionista.
"Magra", do disco Labiata (2008), é uma canção, pelos percursos visuais proporcionados, para lá de sensual. Uma cantada estilosa e provocante: o sujeito mais parece um zangão, dando voltas em torno da flor, deliciando-se com a suculência dela.
Esta leitura, aliás, é bem possível, ainda mais quando, aliado àquilo que é dito, assistimos ao clipe da canção, com a câmera sobrevoando uma orquídea: "como a lua rodando entre as estrelas".
Assim, o sujeito rouba a beleza da flor para melhor plasmar a beleza da mulher. "Magra", com suas palavras-mote e versos-glosa, cria uma moça "toda ela bela" aos olhos de quem ouve a canção.
A proliferação de imagens e características resulta (a partir da recolha de significantes feita nos versos-refrão "Magra, leve, calma / Toda ela bela / Tudo nela chama") na condensação deslumbrante da mulher iluminada pelo canto.
Ao final, fica a dúvida se o sujeito, de fato, ver esta mulher (olhos de corça) ou se ele sonha com ela (cura o escuro). Mas isso já não tem a menor importância pois, já tendo sido cantada, a mulher existe e é motivo da (trans)piração do sujeito e, por consequência, do ouvinte: ela finge que voa e ele "sonho que é minha".

***

Magra
(Lenine / Ivan Santos)

Moça
Pernas de pinça
Alta
Corpo de lança
Magra
Olhos de corça
Leve
Toda cortiça
Passa
Como que nua
Calma
Finge que voa
Brasa
Chama na areia
Bela
Como eu queria

Magra, leve, calma
Toda ela bela
Tudo nela chama

Segue
Enquanto suspiro
Toda
Cor de tempero
Cheira
Um cheiro tão raro
Clara
Cura o escuro
Ela
Braços de linha
Dengo
Cheio de manha
Durmo
E peço que venha
Acordo
E sonho que é minha

Magra, leve, calma
Toda ela bela
Tudo nela chama

Um comentário:

Marcela disse...

Oi, lindinho....

Num programa da MTV (se não me falha a memória), Lenine disse para quem é esta música -- para as orquídeas -- uma de suas paixões. O cara é genial, não?

Beijocas...

ps: adorei esse blog.....